in

ME AJUDA

me-ajuda-jno
Publicidade
detran-jno

ME AJUDA
Não faltaram críticas à gestão do prefeito Leitinho no uso da Tribuna Livre, durante a sessão da Câmara desta segunda-feira. Vereadores se revezaram no púlpito do Legislativo e as palavras mais ouvidas foram “caos”, “abandono” e “desmando”. Silvio Natal, por exemplo, afirmou que sente falta do “vereador Leitinho” e pediu a ajuda do chefe do Executivo, já que seus requerimentos, segundo disse, não são respondidos. “Quanto mais pedem vistas dos meus requerimentos, mais combustível eu tenho para ir ao Ministério Público. Prefeito, me ajuda: estou precisando do vereador Leitinho aqui!”, suplicou o parlamentar.

ME AJUDA 2
Natal não ficou só no discurso, mas também deu exemplos do “boicote” que alega sofrer. Segundo ele, o requerimento onde pede informações sobre o empreendimento Jardim das Videiras “caducou”. “E nem precisa responder mais. O meu requerimento se tornou uma representação junto ao Ministério Público e nesta semana a juíza mostrou que estou no caminho certo, com a sentença que manda suspender o decreto”, ressaltou.

QUEM MANDA?
Num tom ainda mais ácido, Natal disse que está na hora do prefeito Leitinho “bater na mesa” e dizer quem manda em Nova Odessa. “Quem está mandando nesta cidade? É o senhor ou outras pessoas? O seu governo já tem mais de 11 meses! A gestação já terminou, o bebê nasceu e já tem três meses. Não tem médico, não tem remédio, não tem carne para a merenda das crianças… Essa cidade está uma pouca vergonha”, esbravejou o vereador.

CAOS
Wagner Morais foi outro que não poupou Leitinho e disse, em referência ao comportamento do ex-vereador e atual prefeito, que “quem até ontem gritava e subia nessas cadeiras e mesas, hoje simplesmente não consegue governar”. Morais também resumiu, segundo ele, o sentimento da população. “O caos está instalado nesta cidade. A criminalidade está se instalando. Temos suspeitas em diversas licitações, em todas as secretarias”, afirmou. Sobre a falta de carne para a merenda, citada por Silvio Natal minutos antes, Morais disse estar surpreso. “E o caminhão lotado de carne que foi doado para a Prefeitura?”, indagou.

me-ajuda-jno
PASSEANDO
Já o alvo do vereador Oséias Domingos Jorge foi o secretário de Saúde, Silvio Corsini, que parece ainda estar se “adaptando” ao novo emprego. O recado do vereador foi direto e seco: “A Saúde é a menina dos olhos da população. Agora, fica andando pra lá e pra cá com pessoas que até hoje não fizeram nada na Saúde de Nova Odessa e você vai ser mais um que vai ser trocado. Quer andar, vai na praça!”, disparou.