INDICAÇÃO

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na quinta-feira, dia 11, que pode indicar o filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. A definição, segundo o presidente, está nas mãos do próprio filho, caso ele aceite a indicação. Eduardo é atualmente presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados. “É uma coisa que está no meu radar, sim. Existe essa possibilidade, ele é amigo dos filhos do Trump, fala inglês, fala espanhol, tem uma vivência muito grande de mundo e, no meu entender, poderia ser uma pessoa adequada, que daria conta do recado perfeitamente em Washington”, afirmou

APROVADO

De acordo com o prefeito Bill, em uma publicação em seu Facebook, a população de Nova Odessa tem aprovado o recadastramento feito pela Saúde. “É muito bom conversar com nossos amigos nas ruas e saber que todos apoiam o recadastramento que estamos realizando na área da Saúde pra que possamos atender bem quem realmente mora em Nova Odessa. Não dá mais pra aceitar 140 mil prontuários na rede pública, sendo que nossa população ainda não chegou a 60 mil pessoas. A Saúde é a secretaria que mais recebe recursos do nosso governo, o dobro do que exige a lei. São consultas, exames, medicamentos e diversos outros procedimentos que precisam ser utilizados por quem realmente mora aqui”, contou o prefeito.

LEGISLATIVO

A Câmara Municipal de Nova Odessa realizou na última quarta-feira, dia 10, a última sessão do primeiro semestre. Agora, entre os dias 15 e 31 de julho a Câmara estará de recesso, período em que não ocorrem as sessões ordinárias. No entanto, o atendimento aos munícipes continua ocorrendo nos gabinetes dos vereadores e a Secretaria da Casa de Leis permanece funcionando normalmente. O retorno está previsto para 5 de agosto.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

REPRESENTANTES

Na manhã da última quinta-feira, dia 11, assessores do deputado federal Alexandre Frota (PSL) estiveram em Nova Odessa para uma visita. Segundo os assessores, a visita foi um pedido do deputado. “O Frota tem essa preocupação com os municípios que ele passou antes das eleições, ele não quer ser um politico “Copa do Mundo” que só aparece de quatro em quatro anos. Então como o cargo dele dificulta essas visitas, nós o representamos nas cidades e repassamos para ele as demandas relatadas a nós”, explicou um dos assessores. Estiveram no JNO os assessores, Jean Carlos Pereira, Cláudio Gonçalves, Ari Evangelista, Flávio Amorim e Pablo Ruan Estevez de Morais.

RENÚNCIA

Bolsonaro ponderou, no entanto, que a legislação determina que o parlamentar renuncie ao mandato para assumir o cargo de embaixador. “Se eu não me engano, não tenho certeza, a legislação diz que, no caso do parlamentar aceitar uma indicação como essa, ele tem que renunciar ao mandato”, afirmou. Por causa dessa eventual limitação, Bolsonaro destacou que o filho ainda estaria refletindo sobre a possibilidade. “Da minha parte, eu decidiria agora, mas não é fácil uma decisão como essa, renunciando ao mandato sendo o deputado mais votado do Brasil. Tem certas questões que, apesar de ser meu filho, ele tem que decidir”, disse.