FACEBOOK

O vereador Cláudio José Schooder, o Leitinho (PV), em vídeo publicado em sua página no Facebook, fez críticas ao JNO. Segundo o vereador, o JNO não tem credibilidade, portanto, a população deve acreditar apenas em conteúdos que são publicados em redes sociais, no Facebook, para ser mais especifico.

DADOS

Em uma pesquisa realizada pelo IBOPE Conecta revelou que, no Brasil, nove em cada dez usuários da internet já receberam notícias falsas. 76% das notícias falsas eram compostas por informações enganosas e falsas, 57% eram notícias antigas recicladas, 45% tinham conteúdo manipulatório. Ainda segundo a pesquisa, o Facebook lidera como a rede social em que mais se leu fake news, representando 80%, seguido do aplicativo WhatsApp, 75% e informações falsas contadas pessoalmente representam 23%.

JNO

O Jornal de Nova Odessa só esta tentando entender a coerência do senhor vereador. Se o JNO não tem credibilidade, porque o senhor esta lendo? E melhor, porque o senhor está preocupado que a população leia?

REFERÊNCIA

O prefeito Bill recebeu na sexta-feira a visita do prefeito de Rio das Pedras, Antonio Carlos Defavari. Acompanhado do vereador Jeandre Nabuco, o chefe do Executivo da cidade vizinha veio conhecer a ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Quilombo – responsável por tratar 100% do esgoto coletado em Nova Odessa – e ficou positivamente surpreso ao ver a água que é devolvida ao ribeirão após todo o processo. No local, ele também conheceu a recém entregue Usina de Compostagem do Lodo de Esgoto, a única em toda a RMC (Região Metropolitana de Campinas)

REFERÊNCIA 2

Da ETE, Bill e Defavari seguiram para a sede do Corpo de Bombeiros Voluntários de Nova Odessa, que tem apoio da prefeitura. Lá, os dois conheceram todas as dependências da sede – que fica no São Manoel – e os veículos que prestam atendimento à população. A ideia do prefeito de Rio das Pedras é implantar projeto semelhante em sua cidade e escolheu Nova Odessa como referência.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

SANÇÕES

O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão, na noite da última sexta-feira, dia 23, para anunciar medidas de combate aos incêndios e ao desmatamento na Amazônia. Nesta sexta-feira, o governo autorizou a atuação das Forças Armadas na região, caso seja solicitada pelos governadores. Ele argumentou que incêndios florestais ocorrem em outras partes do mundo e não podem gerar sanções internacionais ao Brasil. “Incêndios florestais existem em todo o mundo. Isso não pode ser pretexto para possíveis sanções internacionais. O Brasil continuará sendo, como foi até hoje, um país amigo de todos e responsável pela proteção de sua Floresta Amazônica”, afirmou.

FARPAS

O presidente francês, Emmanuel Macron, voltou a subir o tom contra Jair Bolsonaro nesta segunda-feira, dia 26, dizendo esperar que “os brasileiros tenham logo um presidente que se comporte à altura” do cargo. A crítica veio após Bolsonaro zombar da mulher do francês, Brigitte Marcron, em comentário na internet. “Penso que as mulheres brasileiras sentem vergonha ao ler isso, vindo de seu presidente, além das pessoas que esperam que ele represente bem seu país”, afirmou o líder europeu, classificando as palavras do brasileiro como “extremamente desrespeitosas”, e finalizou, “Como tenho uma grande amizade e respeito pelo povo brasileiro, espero que tenham logo um presidente que se comporte à altura do cargo”, disse Macron.