in

ENQUETE

A vereadora Carla Lucena (PSDB) foi a vencedora da segunda enquete promovida pela Wa Notícias, site do radialista Gleison Alves, na intenção de votos dos internautas para a próxima eleição. Carla Lucena obteve 39,2% dos votos, em segundo colocado ficou o professor Adriano Lucas Alves com 31,1% dos votos. A terceira colocação ficou com Thiago Beroco obtendo 15.4%, o secretário de meio ambiente Nenê do Gás conseguiu 14,2% empatando tecnicamente com Thiago Beroco. Votaram na enquete 668 pessoas.

DOBRADINHA

Tudo indica que sairá da Câmara de Vereadores uma dobradinha para as eleições a prefeito no ano que vem. Pelo menos é o que deu a entender a presença de Tiago Lobo e Carla Lucena, sempre um na companhia do outro, nos almoços promovidos neste fim de semana pela Apadano e pelo Rotary. Numa eventual composição, é quase certo que Tiago virá como candidato a prefeito e Carla, como vice. Resta saber se o PSDB vai liberar a ex-presidente da Câmara para assinar com o partido comunista.

SAÚDE

Através de suas redes sociais, o secretário de Saúde, Vanderlei Cocato comemorou a conquista de mais uma verba para a saúde. “Boas notícias tem que ser compartilhadas. Na companhia do prefeito Bill e do vereador Tiãozinho do Klavin (MDB) fui informado que recebemos R$ 100 mil reais que foram repassados pelo Ministério da Saúde para investimentos em nossa Saúde. Trata-se de uma emenda do ex-deputado federal Beto Mansur (MDB) e que foi conquistada pelo Tiãozinho do Klavin.
R$ 50 mil reais é para adquirir equipamentos e móveis para a UBS 3.
E R$ 50 mil reais para a aquisição de um veículo para a Assistência Farmacêutica, para atender o programa “Remédio em Casa” que vamos implantar este ano”, escreveu Cocato.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

CORREIOS

O presidente Jair Bolsonaro autorizou a realização de estudos para a privatização dos Correios. A informação foi confirmada em publicação no Twitter. Bolsonaro lembrou ainda os casos e as suspeitas de irregularidades que envolveram a estatal. “Demos OK para estudo da privatização dos Correios. Temos que rememorar para a população o seu fundo de pensão. A empresa foi o início do foco de corrupção com o mensalão, deflagrando o governo mais corrupto da história. Com o Foro de SP destruíram tudo nome da Pátria Bolivariana”, escreveu o presidente.

EDUCAÇÃO

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou na última sexta feira, dia 26, que as escolas da rede estadual terão quatro períodos de férias escolares, com redução do recesso no mês de julho. Em vez de um mês de férias no meio do ano, professores e alunos terão, a partir de 2020, apenas 15 dias de descanso no período. Os outros 15 dias serão distribuídos da seguinte forma: uma semana em abril e outra em outubro. O governo não detalhou em quais semanas desses meses ocorrerão os recessos.

Publicidade
instituto_728x90_60kb