CPC (DEFICIÊNCIA VISUAL)

Utilizando a tribuna livre da Câmara de Nova Odessa na sessão de segunda-feira (dia 18), o advogado e presidente do CPC (Centro de Promoção à Cidadania da Pessoa com Deficiência Visual), Demétrio Orfali Filho, falou sobre a importância do trabalho da entidade mantida há 28 anos pelo Lions Clube Centro de Americana e que atende atualmente a 95 usuários, seis deles novaodessenses.

DEFICIÊNCIA FINANCEIRA

Sediado em Americana, o CPC já atendeu em quase 30 anos a aproximadamente 600 pessoas. A manutenção ocorre através de contribuintes fixos, com doações espontâneas e apoio do Lions Clube local, mantendo parcerias com as Prefeituras de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste. “Infelizmente o repasse da Prefeitura não é suficiente para cobrir o custo, ajuda a pagar metade de cada usuário. Mas não estamos aqui para pedir aumento, porque sabemos das dificuldades”, frisa. A previsão para 2020 é de receber R$ 19.735 em Nova Odessa.

AMPLIAÇÃO DO QUADRO

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

Por fim, o presidente convidou os vereadores e o prefeito para conhecer a sede do CPC em Americana. “Temos certificado ISO 9001 e profissionais do mais alto gabarito, mas precisamos ampliar o quadro”, pondera Demétrio Filho. “O CPC não é muito conhecido do público. E quero deixar como legado tornar a entidade mais conhecida, para que isso atraia outras pessoas a ajudar”, completa.

PARTICIPE!

Neste domingo, dia 24 de novembro, a partir das 8h, com concentração em frente a Prefeitura Municipal de Nova Odessa, ocorre a caminhada “Passos que Salvam” – promovida pelo Hospital de Câncer de Barretos. Para participar, basta adquirir um kit, toda venda dos kits é revertida ao tratamento das crianças com câncer. O kit está sendo vendido na VivaMed, rua 1º de Janeiro, 260, Centro, em Nova Odessa.