AVALIAÇÃO

Uma pesquisa Datafolha apontou que quatro em cada dez brasileiros não consegue citar uma medida do governo de Jair Bolsonaro nos primeiros seis meses de gestão. Questionados sobre o que de melhor havia feito o presidente no período, 39% dos entrevistados responderam “nada”. Outros 19% não souberam responder à pergunta. De acordo com o instituto, o percentual de brasileiros que não destacam qualquer ação positiva do governo no período (“nada”) sobe para 45% entre as mulheres; para 46% entre entrevistados do Nordeste; e 52% para fiéis de religiões de matriz africana. O número chega a 76% na faixa dos que avaliam a gestão como “ruim ou péssima”.

PUNIÇÃO

O Internacional decidiu ontem, dia 22, suspender a mulher que apareceu em vídeo empurrando uma torcedora gremista acompanhada de criança nas arquibancadas do Estádio Beira-Rio após o jogo do último sábado, dia 20. Em nota oficial, o clube informou que abriu processo disciplinar contra outros dois envolvidos e que repassará as imagens do sistema de câmeras do estádio e a identificação dos envolvidos ao Ministério Público do Rio Grande do Sul.

OCORRIDO

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

Nas imagens, a mulher, acompanhada por uma criança, comemora o empate em uma área do estádio com torcida mista o empate balançando a camisa do Grêmio em direção a outros torcedores do clube. Então, três torcedores do Internacional se aproximam e tentam tomar a camisa à força. A mulher resiste, mas, em meio a empurrões e agressões, acaba deixando a camisa com os torcedores rivais e deixa o local junto com a criança, que chora. Seguranças do estádio precisaram intervir para controlar a situação.

13º ANTECIPADO

A discussão sobre a reforma da Previdência tirou de foco um assunto que nesta época já mobilizava sindicatos e associações de aposentados em anos anteriores: a antecipação da primeira parcela do 13º salário para beneficiários do INSS. A primeira parte da gratificação é tradicionalmente depositada com a folha de pagamentos de agosto, embora a legislação determine apenas que o prazo acaba em novembro. A Secretaria de Previdência do Ministério da Economia informou que a antecipação depende de decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL).